Colonização Germânica

O primeiro grupo de imigrantes germânicos fixou-se no sul da Bahia em 1818, mas é o dia 25 de julho de 1824 é considerado o marco inicial da imigração alemã no Brasil, com a fundação da primeira colônia no Rio Grande do Sul, onde hoje se localiza a cidade de São Leopoldo, com a chegada de 39 imigrantes.

Os alemães representaram aproximadamente 5% dos imigrantes que buscaram uma nova pátria no Brasil. Ao longo de mais de cem anos, chegaram ao Brasil aproximadamente 250 mil alemães. Atualmente, calcula-se em cinco milhões o número de seus descendentes em solo brasileiro.

Em 1827, desembarcavam os primeiros alemães no porto de Santos, levados a Santo Amaro. Os grupos seguintes fixaram-se em Itapecerica, São Roque e Embu, ou foram levados para Rio Claro e as plantações de café no interior de São Paulo.

Em 1829, começava a colonização alemã em Santa Catarina, em São Pedro de Alcântara e Mafra e, a seguir, em Rio Negro, no Paraná. Em Curitiba, os imigrantes começam a chegar em maior número em 1833.

O Rio Grande do Sul recebeu a maior parte dos imigrantes alemães, seguido de Santa Catarina. Na década de 30 do século passado, 20% da população desses estados já era de origem alemã. No Paraná, em São Paulo e no Espírito Santo a porcentagem foi menor, mas igualmente significativa. Minas Gerais e o Rio de Janeiro receberam contingentes quantitativamente menores.